Instagram
Voltar

NOTÍCAS / COLUNAS / ENTREVISTAS

David Prado Fonte: Álbum Fanpage
  • Campeonato Brasileiro 2013 - Guarapiranga (SP) Fonte: Álbum Fanpage
  • Fonte: Álbum Fanpage
  • Fonte: Álbum Fanpage

MAIS COLUNAS

Anterior Próxima

David Prado

25/10/2013 -

Natural de Goiânia – GO e com apenas 13 anos de idade, o jovem David Prado é conhecido como o piloto de jet ski mais jovem do Brasil. Com os apoios das empresas AGEL em parceria com a TEUTO/Pfizer em Goiás, Mormaii e KMG RACING nos Estados Unidos, David Prado disputa campeonatos nacionais e mundiais nas categorias Ski Stock e Freestyle de jet ski.

Desde que começou a participar até hoje, David Prado conquistou muitos títulos, entre os quais destacam-se os principais:
Na categoria Ski Stock, David foi Campeão Mundial, Campeão Europeu, Campeão Sul  Americano, Campeão Brasileiro e Goiano. Já na categoria Freestyle, o jovem piloto conquistou o 9º lugar no Campeonato Mundial, foi Vice Campeão Europeu e Campeão Brasileiro.

Confira a conversa que teve conosco.

Estrela Náutica: Quando e como começou no Jet Ski?

David Prado: Aos 4 anos, brincando com meu pai, aos finais de semana.  Aos 8 anos fui convidado pelo Presidente da Liga Paulista de Jet Ski - LPJS, Evandro Reno, para   competir na categoria Runabout,  onde fiquei em 3º lugar. Aos 10 anos, fui novamente convidado, mas dessa vez pelo Presidente da Federação Brasileira de Jet Ski – BJSA, Sr. Davi, onde estreei na categoria Freestyle e  conquistei o  4º lugar.

Estrela Náutica: Você se inspirou em algum atleta?

David: No Freestyle sim. Me inspirei no Alessander Lenzi que foi quem “descobriu” meu talento em Penha –SC, em uma etapa do Campeonato Brasileiro, ocasião em que eu não competi por falta de Pilotos pra formar o Grid. Resolvi então ficar “brincando” ali perto com Jet de Runabout, executando minhas manobrinhas e o Lenzi viu e falou:
 
“Quem é esse menino? Ele ta no Jet errado! Ele tem talento é pra Freestyle!”

Ele se aproximou do meu pai, e após muita conversa vendeu um Jet de sua filha que ali se apresentava.

Com o jet ski próprio para Freestyle, tomei algumas aulas de iniciação com Douglas Carvalho, já que morava em Uberlândia e ficava mais próximo de Goiânia. Outro atleta no qual me inspirei foi no Americano Rick Roy, do qual assistia diversos vídeos.

No Ski Stock não havia ninguém para me inspirar. Comecei em 2011 apenas para ganhar condicionamento físico e equilíbrio pro Freestyle, tanto que corri o ano inteiro com o Jet de Freestyle, pois eu não tinha Jet de velocidade. Mesmo assim fui campeão brasileiro.  

Após isso, fui disputar o campeonato Europeu,  ganhei e parti então para um desafio maior, onde descobrimos que eu também tinha talento pra velocidade. Fui Campeão Mundial na Categoria Ski Stock (a principal) na qual se compete, inclusive, com os Jets 4 (quatro) tempos que são muito mais fortes e que nem existiam aqui no Brasil. Agora que a Mormaii  está lançando ele  no Mercado Brasileiro.

Estrela Náutica: Conte-nos um pouco sobre as modalidades que compete.

David:  Na categoria Ski Stock, que é de velocidade temos duas divisões:

  • LITES, na qual se compete com o Jet original; e
  • STOCK na qual se compete com  o Jet preparado e com mais potência.

    Na categoria Freestyle, que é de Manobras Radicais, existem as categorias:
  • Profissional, na qual eu me enquadro no Brasil; e 
  • Amador, na qual me enquadro nos Estados Unidos, com jets até 1.000cc.

    Nesta última categoria, me consagrei como “O Piloto Mais Jovem do Mundo” e repeti o feito pela 3ª vez consecutiva, em Lake Havasu-USA.


Estrela Náutica: Qual a sensação de ser Campeão do Mundo tão jovem?

David: É muito gratificante, porque faço com amor o que gosto e posso levar um pouco de alegria às pessoas que assistem ao meu show. Meus colegas acham muito legal e  pedem pra   brincar comigo, então os ensino. Alguns gostam, já outros desistem de aprender.

Estrela Náutica: Quais suas expectativas para esse ano e os próximos?

David: Finalizar 2013 com um bom resultado no Sul Americano, ter um Jet mais competitivo para o próximo ano e, se possível, treinar nos EUA antes do próximo Mundial para aprender o inglês, também. Para tanto é fundamental firmar novos apoios e patrocínios, porque cada vez mais represento nosso País e os gastos são muitos.

Verdadeiramente, espero um dia ser reconhecido pelo nosso Ministério do Esporte que nunca me apoiou em nada, aliás, nem me reconhece como atleta por conta da minha idade, mas pelo amor ao esporte, já representei o Brasil ao longo desses 3 (três) anos em  mais de 50 (cinquenta) Países.

O fato é que alegam que em toda a historia do Jet ski brasileiro nunca existiu um Campeão Mundial tão jovem, então não há lei para me beneficiar. A meu ver, esta conquista é de todos nós brasileiros, e penso que seria motivo de orgulho pra nós, e uma boa oportunidade pra mudar oque precisa.

Estrela Náutica: Quais dicas você daria aos iniciantes?

David: Que não desista de seus sonhos.  Procure aprender, também, quando perder, pois nem sempre conseguimos ganhar. Mas tem que ter o apoio da família e ter patrocínio senão fica difícil seguir carreira.

Estrela Náutica: Onde obter mais informações sobre você para contato e show?

David: Podem contratar o Jet Show através do número (62) 8407 0720 /  Id. 125*49 646.
Podem me contatar nas mídias sociais também. Minha página no Facebook é David Prado e minha Fan Page é David Prado Brazil


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.