Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Fonte: Thom Touw

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Scheidt se mantém na disputa pela medal race no Mundial de Santander

15/09/2014 -
O mau tempo voltou a ser vilão no Mundial de Vela de Santander, interrompendo as regatas deste domingo (14), primeiro dia da fase final. Apenas uma prova foi realizada na classe Laser, antes da chegada de uma tempestade. Após escapar na largada, Robert Scheidt foi desclassificado, mas segue firme na briga por uma vaga na medal race, em busca do seu 12º título mundial. O brasileiro está em quarto lugar, com 19 pontos perdidos, diferença de apenas oito em relação ao novo líder, o holandês Nicholas Heiner.

O domingo começou com clima agradável, em torno dos 25 graus, mas o vento rondado de até 10 nós (18 km/h) tornou a correnteza na raia espanhola mais forte e instável. Apenas a flotilha ouro da Laser, com Robert Scheidt, conseguiu correr uma regata antes da tempestade que se formou no final da tarde.

"Nas condições que estamos enfrentando, com ventos fracos, largar bem é fundamental para ficar entre os primeiros colocados de uma flotilha grande, com 49 barcos. Para largar bem você precisa correr alguns riscos. Hoje o vento estava jogando muito para fora da linha de partida, o que favorecia os erros, conforme aconteceu com vários velejadores. Eu exagerei, fui agressivo demais, e acabei desclassificado", esclareceu Scheidt. Ele e outros dez competidores, entre eles o croata Tonci Stipanovic, número 1 do mundo na Laser, estavam acima da linha de partida no momento da largada e receberam a pontuação equivalente ao número total de barcos mais um.

Mesmo com a penalidade recebida, o brasileiro, único campeão mundial da classe em Santander, com 11 títulos, segue com boas chances de pódio, já que a maioria dos primeiros colocados estão próximos uns dos outros na classificação geral. "É uma pena ter feito esse resultado, porque queimei o meu descarte e preciso ir bem de qualquer jeito nas próximas regatas. Mas também não posso ser muito conservador, pelo que aconteceu. Os riscos vão continuar existindo e tenho que fazer a minha regata, continuar velejando bem. Será bom o dia de descanso (previsto para esta segunda-feira) para eu colocar a cabeça no lugar e voltar com força total na terça (16)", completou o brasileiro, patrocinado pelo Banco do Brasil, Rolex e Deloitte, com os apoios de Audi, COB e CBVela. Além de Scheidt, o Brasil é representado na Laser por Bruno Fontes, em quinto lugar, e Alex Veeren, o 64º colocado.

O Mundial de Santander reservou a segunda-feira (15) como descanso para os velejadores da Laser, mas, dependendo das condições do vento, o dia pode ser aproveitado para a realização de mais uma regata. A classe tem mais cinco provas previstas até quarta-feira, quando serão definidos os dez competidores que seguirão para a medal race, valendo pontos dobrados, na disputa do título e do pódio.

Classificação após cinco regatas e um descarte

1. Nicholas Heiner (NED) - 11 pp (3+[10]+1+4+3)
2. Charlie Buckingham (USA) - 18 pp (6+[23]+2+8+2)
3. Tom Burton (AUS) - 18 pp (5+3+[8]+2+8)
4. Robert Scheidt (BRA)- 19 pp ([13]+2+1+3)
5. Bruno Fontes (BRA) - 23 pp (4+7+9+3+[34])
6. Nick Thompson (GBR) - 25 pp (1+[18]+11+7+6)
7. Jesper Stalheim (SWE) - 26 pp (12+4+5+5+[30])
8 Lorenzo Chiavarini (GBR) - 27 pp (2+14+[29]+6+5)
9. Ryan Palk (AUS) - 28 pp (5+9+13+1+[27])
10. Giovanni Coccoluto (ITA) - 30 pp (1+9+[36]+13+7)
64. Alex Veeren (BRA) - 53 pp (28+11+[36]+14)

Campanha de Robert Scheidt na temporada 2014

Ouro na Copa Brasil - Niterói (BRA), janeiro
Prata na etapa de Miami Copa do Mundo de Vela - Miami (USA), fevereiro
9º na etapa de Palma de Mallorca da Copa do Mundo de Vela - Palma de Mallorca (ESP), abril
4º na etapa de Hyères da Copa do Mundo de Vela - Hyères (FRA), abril
Ouro na Semana Olímpica de Garda Trentino - Garda (ITA), maio
5º no Europeu de Vela - Split (CRO), junho
Ouro no Sudeste Brasileiro de Laser - Rio de Janeiro (BRA), julho
4º no Aquece Rio International Regatta - Rio de Janeiro (BRA), agosto

Maior atleta olímpico brasileiro

Laser
Onze títulos mundiais - 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013
*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt
Três medalhas olímpicas - ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star
Três títulos mundiais - 2007, 2011 e 2012*
*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe
Duas medalhas olímpicas - prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012

Fonte: Local da Comunicação

Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.