Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Nick Dempsey Fonte: Gonzalo Arselli/Velassessoria
  • Bimba continua entre os Top 5 Fonte: Gonzalo Arselli/Velassessoria
  • Patricia Freitas na frente da tricampeã mundial Fonte: Gonzalo Arselli/Velassessoria
  • Brasil, Grécia e Holanda na raia Fonte: Gonzalo Arselli/Velassessoria

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Mundial de RS:X: Nick Dempsey conquista o bicampeonato

11/03/2013 -

A raia de Manguinhos, em Búzios, foi palco na última quarta-feira (6 de março) de uma conquista inédita da classe RS:X masculina. O britânico Nick Dempsey, prata em Londres 2012, se tornou o primeiro bicampeão mundial. A conquista veio com o segundo lugar na Medal Race, regata final em que participam apenas os 10 melhores colocados e que tem pontuação dobrada.


Nick terminou a fase classificatória na primeira posição, com nove pontos de vantagem sobre o holandês Dorian Van Rijsselberghe. Vencedor da regata de quarta, fez valer sua vantagem. Dorian, ouro em Londres justamente na terra de Dempsey, Weymouth, por sua vez, contentou-se com o vice-campeonato. “Estou me sentindo muito feliz. A regata foi muito difícil, o vento estava muito rondado. Eu estava ansioso, mas tentei me manter tranquilo, sempre conversando com os amigos”, comemorou o inglês, que antes de ir para a água teve que esperar por quase uma hora até o vento firmar.


Quem também comemorou muito foi o grego Byron Kokkalanis. Ele foi para a Medal Race em terceiro, empatado com o israelense Nimrod Maschia e com o brasileiro Bimba Winicki. Para garantir a medalha de bronze, ele teria que vencer os dois. E assim o fez, ao terminar a regata na quarta colocação. “Foi muito difícil. Tive que brigar com o Bimba e, por sorte, esta foi a minha vez. Eu sabia que ele iria lutar pelo terceiro lugar e ele é muito bom nesta condição, então meu objetivo era chegar na frente dele. Tive muitos problemas ano passado, perdi o título europeu no desempate, o terceiro lugar no mundial por um ponto, então queria muito que isto acontecesse, queria muito ser o terceiro colocado”, afirmou o grego.

Apesar de ser um dos favoritos da regata, Bimba sofreu um pouco com o vento mais fraco e terminou na sexta colocação na Medal Race. Assim fechou a sua participação no Mundial na quarta colocação geral com uma pontinha de frustração por não fazer o pódio em casa, mas feliz em se manter entre os Top 5 mundiais, posição que ocupa há muitos anos. “Todo mundo tinha as mesmas chances e eu precisava ganhar do grego e do israelense. Consegui largar melhor que o Nimrod e praticamente eliminei ele da regata, precisando me preocupar apenas com o Byron, mas ele fez uma regata muito boa, sempre perto de mim. No segundo contravento ele começou a me marcar e eu sempre tentando fugir, com isso os adversários encostaram na gente, mas ele soube administrar bem e conquistou o terceiro lugar”, disse Bimba.

Meninas - a flotilha feminina também teve a disputa da Medal Race na quarta (6), porém o título já era da israelense Lee-El Korsisz, que abriu 21 pontos de vantagem sobre a compatriota Maayan Davidovich, segunda colocada na fase classificatória. Com o resultado ela garantiu a terceira vitória consecutiva em mundiais e a hegemonia do windsurfe olímpico entre as mulheres. “Estou muito feliz, não tenho nem como descrever o que sinto. A energia do Brasil é ótima e com certeza isso me ajudou muito”, disse Lee.


Na Medal Race, a vencedora, com direito a muita comemoração, foi a brasileira Patrícia Freitas. A jovem representante do Brasil nos Jogos de Londres e de Pequim superou as outras nove melhores do mundo nos ventos de 8 a 10 nós, de leste, em Manguinhos e terminou o campeonato na oitava colocação. “A regata foi muito legal, com o vento que eu gosto. Larguei bem, estava com velocidade. Fiquei muito feliz com o resultado. Durante o campeonato dei mole em algumas regatas, mas mesmo assim consegui me manter entre as primeiras”, disse a velejadora da equipe olímpica brasileira.

Mundial de RS:X - Resultado final
Masculino
Atleta País Pontos perdidos
Nick Dempsey GBR 30
Dorian Van Rijsselberge NED 37
Byron Kokkalanis GRE 49
Ricardo Winick BRA 53
Piotr Myszka POL 57
Nimrod Maschiah ISR 59
Shahar Zubari ISR 77
Ivan Pastor ESP 78
Pierre Le Coq FRA 84
10º Louis Giard FRA 87
Feminino
Atleta País Pontos perdidos
Lee-El Korsiz ISR 44
Bryony Shaw GBR 60
Maayan Davidovich ISR 67
Tuuli Petaja-Siren FIN 71
Charline Picon FRA 77
Qiaoshan Weng CHN 81
Blanca Manchon ESP 88
Patrícia Freitas BRA 98
Olha Maslivets UKR 100
10º Hayley Chan HKG 119

Redação: Estrela Náutica
Fonte:
Velassessoria


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.