Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Largada com número recorde de atletas em Ilhabela Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Luiz Carlos Guida, o Animal Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Luiz Carlos Guida, o Animal Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Babi Brazil invicta desde 2011 Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Guilherme Cunha Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Sr. Sergio, ao centro, 78 anos de idade competindo Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Robson Careca ao lado de Alemão de Maresias Fonte: Luciano Meneghello/SupClub
  • Ivan Floater á início à formalização da CBSUP Fonte: Luciano Meneghello/SupClub

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Aloha Spirit Ilhabela 2013: bate recorde de participantes ultrapassando o número de 500 incritos

25/03/2013 -

Mais um passo rumo à consolidação do stand up paddle e dos esportes oceânicos de remada no Brasil foi dada neste final de semana, 23 e 24, com a realização do Aloha Spirit, na cidade de Ilhabela, litoral norte de SP.

Evento realizado com recorde de participantes (ultrapassando o número de 500 inscritos) disputando as provas de paddleboard, stand up paddle, natação, surfski e canoa havaiana. No stand up paddle, cujas provas foram válidas para o ranking brasileiro da modalidade, novo recorde com cerca de 270 supistas divididos nas categorias por idade (SUP kids, junior, adulto, master e grand master), genero (masc. e fem.), modelo de prancha (inflável, fun race, 12’6″, 14′ e unlimited) e percurso (1,5km, 3km, 6km e 12km).

Outro passo importante dado em Ilhabela foi a formalização da Confederação Brasileira de SUP. Em reunião aberta ao público e imprensa, com a participação de atletas e dirigentes de federações estaduais, o presidente da ABSUP (agora CBSUP), Ivan Floater, formalizou o novo status da entidade e debateu alguns temas pertinentes às categorias de SUP race do circuito brasileiro.

O evento foi grande festa da modalidade em que anônimos e figuras conhecidas da cena coloriram as águas do canal de São Sebastião. Entre elas, como não se inspirar com a disposição do Sr. Sérgio, de Ubatuba, que aos 78 anos de idade, completou a prova de 1,5 Km remando ao lado de seu filho, ou com a participação do atleta adaptado Robson Careca, primeiro remador adaptado a participar de uma prova do circuito brasileiro de SUP.

Após sofrer um acidente de carro, Robson ficou paraplégico, mas o acidente não lhe tirou o amor pelo mar e pelos esportes de prancha e Robson é hoje um grande ativista do surfe adaptado. Em Ilhabela, ele exibiu sua prancha de remada adaptada, que pode ser usada por cegos e cadeirantes. Sua largada, poucos segundos antes da principal, foi fortemente ovacionada por público e atletas. Outro destaque inclusivo foram as disputas da SUP kids e junior, com mais de 30 crianças e forte envolvimento de seus pais. Guilherme Cunha, de dez anos de idade, vencedor da SUP kids, ainda teve disposição para participar da fun race 6 km e chegar na sétima posição. As categorias amadoras estão ganhando visibilidade em termos de participação e isso é muito importante para um esporte como o SUP, que tem um caráter agregador.

Quanto aos amadores e profissionais, estes tiveram que mostrar muita garra para completar o percurso nas difíceis condições encontradas no sábado, com fortes ventos, correnteza e ondulação lateral, o que tornava o fato de completar a prova, uma conquista importante e fez jus à medalha que todos recebiam ao terminar a prova.

Nas categorias profissionais, Luiz Carlos Guida, o “Animal”, foi o grande campeão com o tempo de 01h22m56s seguido de perto por Rafael Leão (01h23m16s), que competia na categoria 14′ e do local Paulo dos Reis (01h23m32s), vice campeão da etapa.

No feminino, a baiana Barbara Brazil, a Babi, venceu novamente, concluindo a prova em 01h32m47s e segue invicta no ranking desde a etapa de Brasília de 2011, ou seja, há quase dois anos vencendo todas as etapas do brasileiro. A paulista Ariela Pinto, estreante nas provas do circuito brasileiro, foi a segunda colocada com o tempo de 01h35m43s, seguida por Lena Guimarães Pinheiro (01h38m05s) de Arraial do Cabo, RJ, campeã brasileira em 2012 na categoria fun race mostrando que ira dar trabalho na profissional 12’6″.

No domingo, foi a vez das disputas de canoa havaiana e surfski, tendo ainda uma divertida partida de SUPólo ou SUP futebol entre o time do Rio de Janeiro contra o resto do Brasil, ficando os cariocas com a vitória de 4 a 2.

Mais informações
www.alohaspirit.com.br

Redação: Estrela Náutica
Fonte:
SupClub



Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.