Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Fonte: 1papacaio.com.br

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Windsurf - História

15/09/2012 -

 O velejador Newman e sua esposa, a canoísta Naomi Darby, desenvolveram o primeiro protótipo de uma prancha com vela, que mais tarde se transformaria nas atuais pranchas de windsurfe. A ideia deu certo, porém os altos custos para fabricação e a burocracia para patentear o produto fizeram com que o casal desistisse da invenção.

O primeiro grande resultado positivo da empreitada aconteceu no início da década de 70, quando a Tencate, empresa do setor têxtil, comprou a licença para fabricar a prancha de windsurfe na Holanda. Entre 1973 e 1978, foram comercializadas cerca de 150 mil unidades, o que despertou o interesse de empresas em todo o mundo. Mas, somente em 1984, o windsurfe se transformou em modalidade olímpica. No Brasil, a modalidade chegou pelas mãos do paulista Fernando Germano. Outros pioneiros no esporte foram Klaus Peters, Marcelo Aflalo e Leonardo Klabin. 

O ídolo internacional do esporte foi o americano Roby Naish, pentacampeão mundial, considerado o embaixador do windsurfe. Com apenas 13 anos, em 1976, ganhou seu primeiro título num campeonato mundial.

A modernização dos equipamentos, principalmente após 1988, e o desenvolvimento tecnológico criaram uma nova modalidade de windsurfe, a funboard, praticada com uma prancha intermediária entre a prancha de surfe e o longboard. A modalidade se popularizou muito mais rapidamente que o windsurfe tradicional praticado nas olimpíadas, pois o equipamento é mais ágil, leve e colorido, o que possibilita mais criatividade na invenção de manobras.


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.