Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Jadson André (RN) Fonte: Daniel Smorigo/ASP
  • Bernardo Pigmeu (PE) Fonte: Daniel Smorigo/ASP
  • Jeremy Flores (FRA) Fonte: Daniel Smorigo/ASP
  • Simão Romão (RJ) Fonte: Daniel Smorigo/ASP
  • Brett Simpson (EUA) Fonte: Daniel Smorigo/ASP
  • Mitchel Coleborn (AUS) Fonte: Daniel Smorigo/ASP

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Quiksilver Saquarema Prime tem mais um dia de ótimas ondas na Praia de Itaúna

24/05/2013 -

O mar baixou um pouco, mas as ondas ficaram mais perfeitas com as séries de 4-6 pés (1,2 a 1,8 metro) proporcionando bons tubos e grandes manobras na sexta-feira de céu nublado na Praia de Itaúna. Na briga pelas vagas nas oitavas de final do Coca-Cola apresenta Quiksilver Saquarema Prime, quatro brasileiros já garantiram classificação, os cariocas Raoni Monteiro e Simão Romão, o potiguar Jadson André e o pernambucano Bernardo Pigmeu. O fenômeno Gabriel Medina sofreu sua primeira derrota, mas ainda pode avançar nas baterias da repescagem que ficaram para abrir o sábado, a partir das 8h00 na "Cidade do Surf" da Região dos Lagos do Rio de Janeiro.


O primeiro a garantir passagem direta para as oitavas de final foi o defensor do título do Quiksilver Saquarema Prime, Matt Wilkinson. Ele mandou dois brasileiros para a repescagem, que acabaram vingando a derrota despachando dois compatriotas do australiano. O carioca Raoni Monteiro eliminou Perth Standlick na abertura da repescagem e o pernambucano Bernardo Pigmeu fez o mesmo contra Stu Kennedy. Os dois australianos tinham sido superados pelo potiguar Jadson André na primeira tentativa de classificação para as oitavas.

"Estou feliz por ter passado direto pras oitavas, pois tenho que fazer de tudo pra conseguir o máximo de pontos possível, já que esta é a única etapa Prime pra gente competir em casa no Brasil esse ano", destacou Jadson André, que surfou um belo tubo para ser o primeiro brasileiro a figurar entre os dezesseis finalistas do Quiksilver Saquarema Prime 2013. "É um campeonato superimportante pra mim, então é continuar concentrado pra ir passando as baterias até conseguir o objetivo máximo que é a vitória aqui".

O potiguar que saiu da elite do WCT no ano passado, ainda comentou sobre a vitória na quinta bateria disputada na sexta-feira. "Foi bem difícil, porque o Stu (Kennedy) é um cara muito inteligente e largou na frente com duas ondas boas. O Perth (Standlick) também é um moleque que surfa muito bem nesse tipo de onda, mas deu tudo certo pra mim depois que eu troquei de prancha, por uma menor. Também tive um pouco de sorte porque vieram boas ondas na hora certa pra conseguir virar um resultado que estava complicado no início".

Apenas cinco brasileiros chegaram na fase dos 24 melhores, a única não eliminatória do Quiksilver Saquarema Prime. Nestas baterias formadas por três competidores, os vencedores passam direto para as oitavas de final, mas os perdedores têm uma nova chance na repescagem, quando começam os duelos homem a homem nas etapas do ASP World Prime como a de Saquarema. Além de Jadson André, o carioca Simão Romão foi o outro brasileiro que avançou direto com a vitória sobre o favorito Gabriel Medina e o peruano Gabriel Villaran.

"Não estou nem acreditando", disse Simão Romão. "Ontem (quinta-feira), quando soube que o Gabriel Medina estava na minha bateria, eu quase nem consegui dormir direito. Mas, só tentei dar o meu máximo e rezei pro Medina não se encontrar na bateria, porque ele surfa muito bem em todo tipo de mar e poderia tirar notão em qualquer onda. Me concentrei em pegar duas ondas boas para fazer minha parte e o bom é que eles não se acharam na bateria".

O carioca também falou sobre a condição do mar, que mudou bastante na sexta-feira. "Hoje (sexta-feira) tá mamão com açúcar porque ontem o mar estava gigante, dando até medo de entrar, mas a gente precisa fazer nosso trabalho. Quem falar que não sente medo está mentindo. Ontem estava muito grande, perigoso, mas graças a Deus as ondas vieram pra mim nas duas baterias que disputei. Já hoje (sexta-feira) o mar está ‘Disneylandia’, é só pegar as ondas e ir soltando as manobras".

DESTAQUES DO DIA

As ondas passaram a quebrar mais no meio da praia com a diminuição do mar em Saquarema, mas as séries entravam com melhor formação abrindo longas paredes para as manobras. Cinco surfistas se destacaram com notas no critério excelente, acima dos 9 pontos. Entre eles, o pernambucano Bernardo Pigmeu que tirou nota 9,43 em sua primeira onda contra o australiano Stu Kennedy na repescagem. Os outros foram o sul-africano Dale Staples com 9,60, o americano Brett Simpson com 9,10 e os franceses Jeremy Flores com 9,80 e Joan Duru com 9,70.

"O mar está mudando muito rápido desde ontem (quinta-feira) que deu altas ondas e de hoje de manhã também pra cá, pois vem baixando a cada hora", observou Jeremy Flores, que fez os recordes da sexta-feira com a nota 9,80 e os 18,30 pontos que totalizou na vitória sobre o também francês Joan Duru e o sul-africano Dale Staples. "Estou feliz porque não estava me dando bem nos últimos campeonatos. Agora, já passei pras oitavas surfando bem, então me dá mais confiança para as próximas baterias. Achei que ontem estava bem melhor, porque é raro a gente competir em ondas grandes, mas hoje (sexta-feira) tá legal também, tem boas ondas".

O norte-americano Brett Simpson, que mandou seu compatriota Kolohe Andino e o australiano Heath Joske para a repescagem, também destacou a qualidade das ondas na Praia de Itaúna. "Estou competindo aqui pela quarta vez e, na minha opinião, Saquarema tem a melhor e mais consistente onda do Brasil. O mar é perfeito. Vim direto da etapa do WCT no Rio para cá, porque gosto de competir e sabia que poderia conquistar pontos importantes no ranking, então espero continuar avançando para alcançar meu objetivo".

G-10 PRO WCT 2014

Diferente de Brett Simpson e Jeremy Flores, que já fazem parte da elite mundial dos top-34 da ASP, outros surfistas estão lutando por vagas para o WCT do ano que vem. Dois deles já entraram no grupo dos dez indicados pelo ASP World Ranking com a classificação direta para as oitavas de final do Quiksilver Saquarema Prime. É o caso do potiguar Jadson André e do australiano Mitchel Coleborn, que passam a defender suas permanências no G-10 do ranking unificado nas baterias do fim de semana na Praia de Itaúna.

"Eu só sei que preciso de bons resultados para me classificar para o WCT e é atrás disso que estou aqui", falou Mitchel Coleborn, após a vitória sobre o também australiano Dion Atkinson e o americano Tanner Gudauskas. "Foi uma boa bateria e tive sorte em escolher as ondas certas. Fiz duas notas altas que me deixaram numa boa posição e Saquarema é sempre divertido porque tem ondas grandes. Agora fica ainda mais difícil com a disputa homem a homem nas baterias, mas estou confiante em continuar avançando até quem sabe chegar na final aqui".

Transmissão ao vivo
www.quiksilver.com.br/primesaquarema13

PROGRAMAÇÃO PARA O FIM DE SEMANA EM SAQUAREMA

SÁBADO
08h00 / 10h00 - 4 últimas baterias de 30 minutos da Repescagem (Quarta Fase)
10h00 / 14h00 - Oitavas de Final (Quinta Fase) - 8 baterias de 30 minutos

DOMINGO
09h00 / 11h00 - Quartas de Final - 4 baterias de 30 minutos
11h00 / 12h00 - Semifinais - 2 baterias de 30 minutos
12h00 / 12h30 - Intervalo
12h30 / 13h05 - Grande Final - 35 minutos
13h15 - Cerimônia de Premiação no Pódio

OITAVAS DE FINAL DO QUIKSILVER SAQUAREMA PRIME
1.a: Matt Wilkinson (AUS) x Raoni Monteiro (BRA)
2.a: Jadson André (BRA) x Bernardo Pigmeu (BRA)
3.a: Brett Simpson (EUA) x Dion Atkinson (AUS)
4.a: Mitchel Coleborn (AUS) x Tanner Gudauskas (EUA)
5.a: Simão Romão (BRA) x vencedor da 5.a Repescagem
6.a: Kiron Jabour (HAV) x vencedor da 6.a Repescagem
7.a: Jeremy Flores (FRA) x vencedor da 7.a Repescagem
8.a: Aritz Aranburu (ESP) x vencedor da 8.a Repescagem

QUARTA FASE - REPESCAGEM - Vitória=Oitavas de Final / Derrota=17.o lugar - US$ 2.700 e 1.300 pts
1.a: Raoni Monteiro (BRA) 12.93 x 10.96 Perth Standlick (AUS)
2.a: Bernardo Pigmeu (BRA) 13.70 x 10.37 Stu Kennedy (AUS)
3.a: Dion Atkinson (AUS) 15.54 x 13.93 Kolohe Andino (EUA)
4.a: Tanner Gudauskas (EUA) 12.33 x 11.26 Heath Joske (AUS)
--------------ficaram para abrir o sábado:
5.a: Sebastian Zietz (HAV) x Gabriel Villaran (PER)
6.a: Gabriel Medina (BRA) x Glenn Hall (IRL)
7.a: Joan Duru (FRA) x Marc Lacomare (FRA)
8.a: Damien Hobgood (EUA) x Dale Staples (AFR)

TERCEIRA FASE - ROUND OF 24 - 1.o=Oitavas de Final / 2.o e 3.o=Repescagem
1.a: 1-Matt Wilkinson (AUS)=12.57, 2-Raoni Monteiro (BRA)=9.43, 3-Bernardo Pigmeu (BRA)=1.40
2.a: 1-Jadson André (BRA)=16.56, 2-Stu Kennedy (AUS)=15.46, 3-Perth Standlick (AUS)=7.90
3.a: 1-Brett Simpson (EUA)=16.87, 2-Kolohe Andino (EUA)=13.77, 3-Heath Joske (AUS)=10.90
4.a: 1-Mitchel Coleborn (AUS)=15.27, 2-Tanner Gudauskas (EUA)=13.26, 3-Dion Atkinson (AUS)=9.10
5.a: 1-Simão Romão (BRA)=14.93, 2-Gabriel Villaran (PER)=9.53, 3-Gabriel Medina (BRA)=9.10
6.a: 1-Kiron Jabour (HAV)=14.20, 2-Glenn Hall (IRL)=12.40, 3-Sebastian Zietz (HAV)=11.07
7.a: 1-Jeremy Flores (FRA)=18.30, 2-Joan Duru (FRA)=14.00, 3-Dale Staples (AFR)=11.37
8.a: 1-Aritz Aranburu (ESP)=14.76, 2-Damien Hobgood (EUA)=11.27, 3-Marc Lacomare (FRA)=10.80

SEGUNDA FASE - ROUND OF 48 - 3.o=25.o lugar (US$ 1.900 e 700 pts) / 4.o=37.o (U$ 1.600 e 650 pts)
--------------baterias que abriram a sexta-feira:
10: 1-Joan Duru (FRA), 2-Marc Lacomare (FRA), 3-Cory Lopez (EUA), 4-Heitor Alves (BRA)
11: 1-Dale Staples (AFR), 2-Aritz Aranburu (ESP), 3-Patrick Gudauskas (EUA), 4-Wiggolly Dantas (BRA)
12: 1-Damien Hobgood (EUA), 2-Jeremy Flores (FRA), 3-Nathan Yeomans (EUA), 4-Mason Ho (HAV)
--------------baterias que fecharam a quinta-feira:
1.a: 1-Bernardo Pigmeu (BRA), 2-Stu Kennedy (AUS), 3-Davey Cathels (AUS), 4-Alejo Muniz (BRA)
2.a: 1-Perth Standlick (AUS), 2-Raoni Monteiro (BRA), 3-Ezekiel Lau (HAV), 4-Caio Ibelli (BRA)
3.a: 1-Jadson André (BRA), 2-Matt Wilkinson (AUS), 3-Jessé Mendes (BRA), 4-Dusty Payne (HAV)
4.a: 1-Heath Joske (AUS), 2-Dion Atkinson (AUS), 3-Marlon Lipke (PRT), 4-Nic Von Rupp (ALE)
5.a: 1-Kolohe Andino (EUA), 2-Mitchel Coleborn (AUS), 3-Cristobal de Col (PER), 4-Evan Geiselman (EUA)
6.a: 1-Tanner Gudauskas (EUA), 2-Brett Simpson (EUA), 3-Shaun Joubert (AFR), 4-Michael Dunphy (EUA)
7.a: 1-Gabriel Medina (BRA), 2-Glenn Hall (IRL), 3-Ramzi Boukhiam (MAR), 4-Tomas Hermes (BRA)
8.a: 1-Kiron Jabour (HAV), 2-Gabriel Villaran (PER), 3-Mitch Crews (AUS), 4-Granger Larsen (HAV)
9.a: 1-Sebastian Zietz (HAV), 2-Simão Romão (BRA), 3-David do Carmo (BRA), 4-Matt Banting (AUS)

Redação Estrela Náutica
Fonte:
Assessoria de imprensa


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.