Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Manuel Selman (CHL), destaque do dia Fonte: Javier Larrea
  • Manuel Selman (CHL) Fonte: Javier Larrea
  • David do Carmo (BRA) Fonte: Javier Larrea
  • Ricardo dos Santos (BRA) Fonte: Javier Larrea
  • Enrique Ariitu (TAH) Fonte: Javier Larrea

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Rip Curl Pro Piedras Negras estreia com altas ondas no Peru

04/06/2013 -
O Peru apresentou ao mundo nesta segunda-feira, 03 de junho, mais um pico internacional de grandes ondas na estreia do ASP 3-Star Rip Curl Pro na cidade de Ilo, em Moquegua, estado localizado no sul do país andino. A praia Piedras Negras é um pointbreak de esquerdas poderosas que bombou séries pesadas de 6-8 pés (1,8 a 2,4 metros) no primeiro dia da terceira etapa do ASP South America Surf Series 2013. Um total de 61 surfistas de doze países foi dividido nas dezesseis baterias da primeira fase e metade foi realizada na segunda-feira, com o chileno Manuel Selman sendo um dos destaques do dia.

"Estou feliz da vida por ter passado a bateria em primeiro lugar e estou bastante surpreso com a boa qualidade das ondas aqui de Piedras Negras. É mais um pico que surge como um novo destino no Tour da ASP e espero que este evento se repita todos os anos", disse Manuel Selman, que derrotou os brasileiros Welliington Carane e Ygor Arakaki, além do argentino Diego Conti. O chileno totalizou 16,25 pontos com as notas 7,75 e 8,50 das duas melhores ondas que surfou na sua estreia em Piedras Negras.

O Rip Curl Pro Piedras Negras Ilo Moquegua começou pela segunda bateria, pois a primeira foi transferida para fechar a primeira fase. Isto por causa de um problema no vôo dos havaianos Liam e Landon McNamara, que não conseguiram chegar a tempo para enfrentar o peruano Manuel Roncalla e o chileno Felipe Sepulveda. Com isso, o campeonato iniciou com vitória brasileira do baiano Marco Fernandez sobre os sul-africanos David Van Zyl e Davey Brand.

Os brasileiros são maioria entre os 61 inscritos com 28 surfistas. Depois, os maiores pelotões são da Argentina com oito atletas, Chile com cinco e Peru, Havaí e África do Sul com quatro cada. Os Estados Unidos comparecem com três representantes e cinco países participam com apenas um competidor, Austrália, Taiti, Porto Rico, Uruguai e Equador. Na segunda-feira, só o Equador não estreou em Moquegua, pois o único foi escalado na 11ª bateria, a segunda a entrar no mar nesta terça-feira.

Os outros onze países já tiveram surfistas competindo no primeiro dia, que começou e terminou com vitórias verde-amarelas. A última bateria foi vencida pelo big-rider catarinense Ricardo dos Santos, com o chileno Nicolas Guajardo ganhando a briga pela segunda vaga travada contra outros dois brasileiros. Um deles, Patrick Korny, acabou tendo que ser resgatado pelos bombeiros, pois foi jogado nas pedras depois de tentar surfar uma onda. Ele chegou a precisar de oxigênio na ambulância para se recuperar, mas já está bem de saúde.

Além de Ricardo dos Santos e Marco Fernandez, mais dois brasileiros estrearam com vitórias no Rip Curl Pro Piedras Negras, os paulistas Sidney Guimarães e David do Carmo, que surfou uma das melhores ondas do dia para vencer o quinto confronto da primeira fase. O único surfista de Porto Rico, Ramon Santiago, terminou em último e foi eliminado junto com o brasileiro Aurelio Santana, que perdeu a batalha pela segunda vaga para o norte-americano Myles Laine-Toner.

"Eu não tive uma segunda onda boa, mas graças a Deus consegui passar para a próxima fase", falou David do Carmo. "A onda aqui é forte, bem espaçosa para fazer grandes manobras e a minha prancha 6’2” que usei lá em Saquarema funcionou bem aqui. Pela previsão, vai dar altas ondas nessa semana e o campeonato tem tudo para ser um enorme sucesso. Quero agradecer aos organizadores e ao povo daqui de Ilo pela excelente receptividade e espero voltar aqui nos próximos anos".

Outro destaque da segunda-feira foi o taitiano Enrique Ariitu, que mandou um floater incrível, deslizando na crista da onda até despencar para completar a manobra que valeu nota 8,0. "Acabei de chegar em Ilo e as ondas estão incríveis", destacou Enrique Ariitu. "Entrei na bateria pensando em fazer pelo menos duas manobras, pois com a maré enchendo as ondas estão fugindo um pouco do point e algumas fecham rápido. Consegui uma nota excelente em uma onda de uma só manobra e agora é aguardar para ver quem serão meus adversários no próximo round".

O Rip Curl Pro Piedras Negras Ilo Moquegua tem prazo até sábado para ser encerrado no Peru.

Transmissão ao vivo
www.iloperuwst.com

Mais informações
www.aspsouthamerica.com

PRIMEIRA FASE – 1º e 2º=Round 32 / 3º=33º lugar (US$ 500 e 133 pts) / 4º=49º lugar (US$ 300 e 75 pts):
2ª bateria: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-David Van Zyl (AFR), 3-Davey Brand (AFR)
3ª: 1-Lucas Santamaria (ARG), 2-Brent Symes (AUS), 3-Cheyne Willis (HAV)
4ª: 1-Sidney Guimarães (BRA), 2-Marco Giorgi (URU), 3-Robson Santos (BRA), 4-Alexandre Chacon (BRA)
5ª: 1-David do Carmo (BRA), 2-Myles Laine-Toner (EUA), 3-Aurelio Santana (BRA), 4-Ramon Santiago (PRI)
6ª: 1-Marcelo Rodriguez (ARG), 2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Martin Jeri (PER)
7ª: 1-Manuel Selman (CHL), 2-Wellington Carane (BRA), 3-Ygor Arakaki (BRA), 4-Diego Conti (ARG)
8ª: 1-Enrique Ariitu (TAH), 2-Carlo Zapata (PER), 3-Gustavo Ribeiro (BRA), 4-Alon Campestrini (BRA)
9ª: 1-Ricardo dos Santos (BRA), 2-Nicolas Guajardo (CHL), 3-Alcides Lopes (BRA), 4-Patrick Korny (BRA)
————ficaram para abrir a terça-feira:
10: Rafael Teixeira (BRA), Lucas Silveira (BRA), Igor Moraes (BRA), Luan Carvalho (BRA)
11: Ian Gouveia (BRA), Michael February (AFR), Victor Ribas (BRA), Carlos Gonçalves (EQU)
12: Krystian Kymerson (BRA), Yan Daberkow (BRA), Gonzalo Velasco (PER), João Abreu (BRA)
13: Leandro Usuña (ARG), Nahuel Amalfitano (ARG), Agustin Bollini (ARG), Matheus Faria (BRA)
14: Eala Stewart (HAV), Matt Pagan (EUA), Danilo Cerda (CHL), Michael Rodrigues (BRA)
15: Santiago Muniz (ARG), Juan Arca (ARG), Casey Grant (AFR), Yuri Gonçalves (BRA)
16: Guillermo Satt (CHL), Yago Dora (BRA), James Fazio (EUA), Dunga Neto (BRA)
1ª bateria: Manuel Roncalla (PER), Liam McNamara (HAV), Landon McNamara (HAV), Felipe Sepulveda (CHL)

SEGUNDA FASE (baterias já formadas) – 3ª=17ª lugar (US$ 800 e 178 pts) / 4ª=25ª lugar (US$ 700 e 145 pts):
1ª: Marco Fernandez (BRA), Brent Symes (AUS), Marco Giorgi (URU) e 1ª da 1ª bateria da 1ª fase
2ª: David Van Zyl (AFR), Lucas Santamaria (ARG), Sidney Guimarães (BRA) e 2ª da 1ª bateria
3ª: David do Carmo (BRA), Marcelo Rodriguez (ARG), Wellington Carane (BRA), Carlo Zapata (PER)
4ª: Myles Laine-Toner (EUA), Thiago Guimarães (BRA), Manuel Selman (CHL), Enrique Ariitu (TAH)

Redação Estrela Náutica
Fonte:
 Assessoria de imprensa

Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.