Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Filipe Toledo (SP) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Adriano de Souza (SP) Fonte: Hayden-Smith/ASP
  • Gabriel Medina (SP) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Willian Cardoso (SC) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Nat Young (EUA) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Oakley Pro Bali: Mineirinho e Filipe conquistam vitórias na abertura

18/06/2013 -

Já começou a quinta etapa da acirrada corrida pelo título mundial do ASP World Tour 2013 no primeiro dia do prazo do Oakley Pro Bali, que estreia no calendário da divisão principal do esporte esse ano. Os melhores surfistas do mundo saíram das esquerdas das Ilhas Fiji para as direitas de Keramas, que já bombou boas ondas de 4-6 pés (1,2 a 1,8 metro) no primeiro dia do seu prazo na Indonésia. Adriano de Souza ganhou a bateria que inaugurou o campeonato que vai até o dia 29 em Bali. Porém, o outro único brasileiro que começou com vitória e passou direto para a terceira fase com os seus aéreos mortais foi Filipe Toledo. Os outros cinco participantes desta etapa perderam, mas têm uma nova chance de classificação na repescagem.

"Estou muito feliz por estar aqui em Keramas", disse Adriano de Souza. "Eu tive um mau resultado em Fiji, então resolvi vir pra cá mais cedo pra conhecer melhor essa onda. É uma grande onda e a galera vai fazer algumas coisas malucas aqui esta semana. É uma onda de alto desempenho, perfeita, com tubo e que dá pra fazer várias manobras. Fiquei feliz em passar minha bateria hoje (terça-feira) e espero fazer um bom evento aqui em Bali".

O principal adversário de Mineirinho, na primeira bateria do Oakley Pro Bali no ASP World Tour, foi Bede Durbidge. O brasileiro ganhou por pouco, totalizando 12,93 pontos em duas ondas que valeram notas 6,60 e 6,33. Com elas, superou os 12,17 das notas 6,67 e 5,50 do australiano. Mas, a melhor onda da bateria foi surfada pelo havaiano Dusty Payne, no entanto, foi a única boa que ele pegou e com a nota 7 ficou em último com 8,60 pontos.

BRIGA PELA PONTA

Adriano de Souza é um dos seis surfistas com chances matemáticas de brigar pela ponta da corrida do título mundial no Oakley Pro Bali. Mas, para ele e para o americano Nat Young, só interessa a vitória em Keramas e ainda torcer pelo tropeço dos quatro primeiros colocados no ranking do WCT. Kelly Slater reassumiu o primeiro lugar com a vitória no Volcom Fiji Pro e a batalha entre ele e o australiano Mick Fanning é fase a fase em Bali.

O sul-africano Jordy Smith tem que ficar duas colocações à frente para superar Slater e Fanning. E, o australiano Taj Burrow só conseguirá isso quando alcançar a grande final, desde que o dez vezes campeão mundial não vença nenhuma bateria na Indonésia. A primeira ele já perdeu na terça-feira, para o compatriota americano Damien Hobgood. E, Burrow também vai encarar a repescagem, pois foi batido pelo igualmente australiano Yadin Nicol.

LÍDER NA REPESCAGEM

Dos concorrentes ao posto de número 1 do WCT 2013, apenas os dois saíram derrotados do mar em suas estreias no Oakley Pro Bali. O vice-líder, Mick Fanning, o terceiro do ranking, Jordy Smith, o quinto, Adriano de Souza, e o sexto, Nat Young, confirmaram o favoritismo e passaram direto para a terceira fase. Slater abre a repescagem com o australiano Jack Robinson e Burrow enfrenta outro convidado, o havaiano Bruce Irons, no segundo duelo do próximo dia de competição na Indonésia.

A partir da bateria de Nat Young, a sétima do dia, o mar melhorou bastante em Keramas e o americano fez o maior placar da terça-feira até ali, 17,03 pontos com a nota 9,10 da sua melhor onda. O catarinense Willian Cardoso também fez bonito conseguindo um 9 dos juízes, mas faltou outra nota consistente pra somar e o reforço do Brasil na etapa da Indonésia acabou escalado em um duelo verde-amarelo na repescagem com Gabriel Medina.

"Foi muito boa a bateria", disse Young. "O mar começou a bombar bem na hora que entramos no mar e deu altas ondas. Algumas pessoas acham que as direitas aqui de Keramas podem ser complicadas para quem surfa de backside (de costas para a onda), mas quando fica maior é muito mais vertical e eu gosto disso. Fico feliz por ter vencido hoje e estou bem ansioso para o restante do evento".

VITÓRIA BRASILEIRA

Na disputa seguinte, Filipe Toledo já apresentou os seus aéreos para atingir 16,07 pontos contra os australianos Kieren Perrow e Josh Kerr na segunda e última vitória brasileira na rodada inicial do Oakley Pro Bali. Voltando da contusão que o tirou do Volcom Fiji Pro, Raoni Monteiro não achou as ondas no confronto vencido pelo americano C. J. Hobgood. E, Gabriel Medina foi outro que só surfou uma onda boa - nota 8,93 - na bateria que o taitiano Michel Bourez elevou o recorde de pontos para 17,30 com notas 8,67 e 8,63.

RECORDES DO DIA

No entanto, todas estas marcas foram batidas no último confronto do dia. Foi quando rolaram as melhores ondas da terça-feira, com direitas incríveis em Keramas para o show dos dois havaianos que estrearam junto com o paulista Miguel Pupo. John John Florence arrancou o primeiro 10 da história do Oakley Pro Bali no WCT para totalizar impressionantes 19,87 pontos de 20 possíveis. E só assim para superar os 19,37 das notas 9,80 e 9,57 de Sebastian Zietz na bateria dos recordes que fechou o primeiro dia na Indonésia.

TRANSMISSÃO AO VIVO

A primeira chamada para o início da repescagem do Oakley Pro Bali foi marcada para as 6:30 horas da quarta-feira na Indonésia e a quinta etapa do ASP World Tour 2013 está sendo transmitida ao vivo pela internet, com o link podendo ser acessado clicando-se no banner do evento na capa do www.aspsouthamerica.com.

PRIMEIRA FASE DO OAKLEY PRO BALI – 1º=Terceira Fase/2º e 3º=Repescagem
1ª: 1-Adriano de Souza (BRA)=12.93, 2-Bede Durbidge (AUS)=12.17, 3-Dusty Payne (HAV)=8.60

2ª: 1-Fredrick Patacchia (HAV)=12.67, 2-Joel Parkinson (AUS)=12.00, w.o-Travis Logie (AFR)
3ª: 1-Yadin Nicol (AUS)=14.56, 2-Kolohe Andino (EUA)=12.93, 3-Taj Burrow (AUS)=12.63
4ª: 1-Jordy Smith (AFR)=15.46, 2-Oney Anwar (IND)=11.93, 3-Matt Wilkinson (AUS)=9.03
5ª: 1-Mick Fanning (AUS)=14.56, 2-Brett Simpson (EUA)=6.83, 3-Bruce Irons (HAV)=5.50
6ª: 1-Damien Hobgood (EUA)=14.10, 2-Kelly Slater (EUA)=12.00, 3-Jack Robinson (AUS)=5.83
7ª: 1-Nat Young (EUA)=17.03, 2-Willian Cardoso (BRA)=13.90, 3-Kai Otton (AUS)=13.40
8ª: 1-Filipe Toledo (BRA)=16.07, 2-Kieren Perrow (AUS)=15.50, 3-Josh Kerr (AUS)=11.67
9ª: 1-C. J. Hobgood (EUA)=16.43, 2-Adrian Buchan (AUS)=15.17, 3-Raoni Monteiro (BRA)=8.17
10: 1-Michel Bourez (TAH)=17.30, 2-Adam Melling (AUS)=14.10, 3-Gabriel Medina (BRA)=12.93
11: 1-Jeremy Flores (FRA)=16.94, 2-Julian Wilson (AUS)=16.77, 3-Alejo Muniz (BRA)=13.90
12: 1-John John Florence (HAV)=19.87, 2-Sebastian Zietz (HAV)=19.37, 3-Miguel Pupo (BRA)=13.60

SEGUNDA FASE - REPESCAGEM - Vitória=Terceira Fase/Derrota=25º lugar - US$ 8.000 e 500 pontos
1ª: Kelly Slater (EUA) x Jack Robinson (AUS)
2ª: Taj Burrow (AUS) x Bruce Irons (HAV)
3ª: Joel Parkinson (AUS) x Oney Anwar (IDN)
4ª: Josh Kerr (AUS) x Dusty Payne (HAV)
5ª: Gabriel Medina (BRA) x Willian Cardoso (BRA)
6ª: Sebastian Zietz (HAV) x Kieren Perrow (AUS)
7ª: Julian Wilson (AUS) x Raoni Monteiro (BRA)
8ª: Adrian Buchan (AUS) x Adam Melling (AUS)
9ª: Kai Otton (AUS) x Alejo Muniz (BRA)
10: Bede Durbidge (AUS) x Miguel Pupo (BRA)
11: Travis Logie (AFR) x Brett Simpson (EUA)
12: Kolohe Andino (EUA) x Matt Wilkinson (AUS)

TOP-22 DO ASP WORLD TOUR 2013 - 4 etapas
01: Kelly Slater (EUA) - 26.950 pontos
02: Mick Fanning (AUS) - 26.200
03: Jordy Smith (AFR) - 23.450
04: Taj Burrow (AUS) - 19.700
05: Adriano de Souza (BRA) - 19.000
06: Nat Young (EUA) - 17.750
07: Joel Parkinson (AUS) - 16.700
08: C. J. Hobgood (EUA) - 14.000
09: Sebastian Zietz (HAV) - 13.900
10: Josh Kerr (AUS) - 12.700
11: Filipe Toledo (BRA) - 12.650
12: Jeremy Flores (FRA) - 11.500
12: Michel Bourez (TAH) - 11.500
14: Gabriel Medina (BRA) - 10.500
15: Julian Wilson (AUS) - 10.450
15: Kai Otton (AUS) - 10.450
17: Adrian Buchan (AUS) - 10.200
18: John John Florence (HAV) - 9.250
19: Bede Durbidge (AUS) - 9.200
20: Travis Logie (AFR) - 8.000
20: Kolohe Andino (EUA) - 8.000
20: Brett Simpson (EUA) - 8.000

------------outros brasileiros
24: Willian Cardoso (BRA) - 5.700 pontos
25: Raoni Monteiro (BRA) - 5.500
28: Miguel Pupo (BRA) - 4.500
28: Alejo Muniz (BRA) - 4.500
38: Heitor Alves (BRA) - 1.750

Redação Estrela Náutica
Fonte:
Assessoria de imprensa


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.