Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Joel Parkinson Fonte: Hayden-Smith/ASP
  • Adriano de Souza Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Josh Kerr (AUS) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Michel Bourez (TAH) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Mick Fanning (AUS) Fonte: Kirstin Scholtz/ASP
  • Nat Young (EUA) Fonte: Hayden-Smith/ASP

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Oakley Pro Bali: Joel Parkinson brilha com duas notas 10

26/06/2013 -

Mais um dia de tubos fantásticos para o Oakley Pro Bali nas direitas de 6 pés (1,8 metro) em Keramas na quarta-feira, mas só pela manhã denovo como na terça-feira. O campeão mundial Joel Parkinson comandou o show na bateria perfeita com duas notas 10 na vitória sobre John John Florence por incríveis 20,00 a 19,20 pontos. Eles esgotaram os tubos de Keramas e os últimos duelos do dia foram decididos na modernidade e potência das manobras nas ondas. Kelly Slater ainda buscou os tubos e foi batido por C. J. Hobgood. E, Adriano de Souza perdeu para Nat Young, que vingou a derrota sofrida na final do Rip Curl Pro Bells Beach na Austrália.

Mineirinho não aproveitou as duas chances de classificação para as quartas de final e o Brasil saiu da disputa do título no ASP World Tour da Indonésia. Na primeira tentativa, não achou boas ondas e terminou em último no confronto vencido por Michel Bourez, que é o único invicto entre os oito surfistas que vão brigar pelo troféu de campeão da estreia do Oakley Pro Bali no WCT. O taitiano pegou vários tubos e somou notas 9,33 e 9,17 para vencer por 18,50 pontos. O havaiano Fredrick Patacchia ainda ganhou a maior nota - 9,80 - e ficou em segundo, indo para a repescagem junto com Mineirinho, que tirou 7,70 em sua melhor onda.

"É por isso que eu gosto tanto do meu trabalho", disse Michel Bourez. "Ficar me divertindo surfando bons tubos e ainda ser pago por isso é muito bom. Eu comecei com uma boa pontuação na minha primeira onda, mas o Freddy (Patacchia) tirou um 9,8, então eu precisava conseguir um 9,8 também. Eu passei a seguir ele no mar porque queria ter certeza de que eu estava perto das boas ondas. Eu quero um bom resultado aqui e espero conseguir isso. Eu sei que vai ser difícil fazer as semifinais, mas já estou feliz por estar aqui pegando altas ondas".

Depois, foi a vez do brasileiro perder com a maior nota da bateria na reedição da final do segundo desafio do ASP Tour 2013 em Bells Beach. Com seu backside agressivo, Nat Young começou bem com nota 8, mas Adriano chegou a liderar no início com as notas 5,00 e 6,67 das suas primeiras ondas. Foi só até o californiano pegar sua segunda onda e abrir 9,16 pontos de vantagem com nota 7,83. Em melhor sintonia com as séries, Young escolhe outra direita boa e dispara na frente com 8,93. Mineirinho ainda saiu da "combination" surfando a melhor onda da bateria, porém a nota 9,27 só veio nos últimos minutos e o placar ficou em 16,93 a 15,94 pontos.

Kelly Slater tinha acabado de ser eliminado também em um confronto sem tubos em Keramas contra C. J. Hobgood, que deixou o maior ídolo do esporte na pressão desde a nota 9 que conseguiu no início. Com a derrota de Slater em nono lugar no Oakley Pro Bali, o australiano Mick Fanning assumiu a ponta do ranking com a vitória sobre o havaiano Fredrick Patacchia no duelo que encerrou a quarta-feira na Indonésia. O bicampeão mundial fecha a primeira metade da temporada 2013 na liderança do ASP World Tour com a conquista da última vaga para as quartas de final em Bali.

QUARTAS DE FINAL

A primeira bateria será entre o nota 20 Joel Parkinson e Taj Burrow, que precisam de vitórias no WCT para encostar nos líderes da corrida do título mundial. Na segunda, enfrentam-se os dois surfistas que derrotaram Kelly Slater na quarta-feira, Josh Kerr e C. J. Hobgood. Na chave de baixo, que aponta o segundo finalista, tem Nat Young contra Julian Wilson e Mick Fanning disputando a última vaga para as semifinais com o único invicto do Oakley Pro Bali, Michel Bourez.

Pelo que já fez nos tubos de Keramas, Joel Parkinson pode ser apontado como o grande favorito ao título na Indonésia. Ele disputou o primeiro confronto do dia e liderava até os últimos segundos, quando Taj Burrow pegou um tubaço para ser o primeiro a passar direto para as quartas de final. Parko teve que competir de novo e fez a melhor bateria do campeonato na abertura da repescagem com John John Florence. O havaiano foi quem ganhou a primeira nota 10 em Bali com um aéreo gigante que acertou na primeira fase.

BATERIA PERFEITA

Mas, ele foi batido junto com Kelly Slater pelo australiano Josh Kerr, que pegou tubos incríveis e confirmou a vitória também com uma nota máxima em Keramas, a primeira da sua carreira no WCT. E, foi passando por dentro dos canudos em duas ondas seguidas que Joel Parkinson conseguiu fechar uma bateria perfeita em Bali. Precisava ser assim, com duas notas 10, para superar John John Florence. O havaiano também pegou ótimos tubos e totalizou 19,20 pontos com a soma do 9,73 e 9,47 que recebeu nos dois melhores que surfou neste duelo que reeditou a final do Billabong Rio Pro do ano passado. Agora, Parko vingou a derrota no Rio de Janeiro com 20 pontos de 20 possíveis.

"Há muitos anos tenho vindo aqui surfar em Keramas. Já peguei altas ondas aqui, mas nunca com a frequência de tubos perfeitos que tivemos nessa bateria", contou Joel Parkinson. "Essa é a magia deste lugar, os tubos são incríveis quando o mar fica assim, com séries de 6-8 pés entrando na bancada. Foram tantas ondas boas que jogamos fora várias notas 9, mas o John John (Florence) tem muitos recursos e é sempre difícil de bater. É incrível o que esse garoto pode fazer e ele nunca desiste, botando pressão na bateria o tempo todo, mas estou muito feliz pelo feito que consegui porque não é fácil tirar duas notas 10 numa bateria".

O Oakley Pro Bali tem prazo até sábado para ser encerrado em Keramas, mas deve terminar na quinta-feira para aproveitar este swell que entrou na terça-feira e se manteve com séries de 6 pés abrindo bons tubos na bancada de Keramas na quarta-feira. A primeira chamada para as quartas de final foi marcada para as 6h30 na Indonésia, com o link da transmissão ao vivo pela internet podendo ser acessado pelo www.aspsouthamerica.com.

QUARTAS DE FINAL DO OAKLEY PRO BALI
1ª: Joel Parkinson (AUS) x Taj Burrow (AUS)
2ª: Josh Kerr (AUS) x C. J. Hobgood (EUA) 
3ª: Nat Young (EUA) x Julian Wilson (AUS)
4ª: Mick Fanning (AUS) x Michel Bourez (TAH) 

QUINTA FASE - REPESCAGEM – Vitória = Quartas de Final / Derrota = 9º lugar - US$ 12.000 e 4.000 pontos
1ª: Joel Parkinson (AUS) 20,00 x 19,20 John John Florence (HAV)
2ª: C. J. Hobgood (EUA) 17.00 x 14.33 Kelly Slater (EUA)
3ª: Nat Young (EUA) 16.93 x 15.94 Adriano de Souza (BRA)
4ª: Mick Fanning (AUS) 13.46 x 12.90 Fredrick Patacchia (HAV)

QUARTA FASE – Vitória = Quartas de Final / 2º e 3º = Repescagem
1ª: 1-Taj Burrow (AUS)=18.30, 2-Joel Parkinson (AUS)=17.90, 3-C. J. Hobgood (EUA)=11.57
2ª: 1-Josh Kerr (AUS)=19.67, 2-Kelly Slater (EUA)=18.60, 3-John John Florence (HAV)=17.10 
3ª: 1-Julian Wilson (AUS)=14.00, 2-Nat Young (EUA)=13.86, 3-Mick Fanning (AUS)=12.50
4ª: 1-Michel Bourez (TAH)=18.50, 2-Fredrick Patacchia (HAV)=17.23, 3-Adriano de Souza (BRA)=13.87

Redação Estrela Náutica
Fonte:
Assessoria de imprensa

 


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.