Instagram
Voltar

NOTÍCAS / ESPORTES NÁUTICOS

Silvana Lima (CE) Fonte: Daniel Smorigo

MAIS ESPORTES NÁUTICOS

Anterior Próxima

Skol apresenta Mahalo Surf Eco Festival em Itacaré na Bahia

26/08/2013 -
Depois de quatro edições consecutivas em Salvador, o já tradicional Surf Eco Festival mudou este ano para a Costa do Cacau no litoral sul da Bahia e será realizado com novo patrocínio de uma marca de surfwear baiana.

A Skol vai apresentar o Mahalo Surf Eco Festival na linda e aconchegante cidade de Itacaré, que há 7 anos não recebe uma grande competição de surfe. A sexta edição desta etapa do Circuito Mundial de Surfe Profissional na Bahia, será disputada nos dias 15 a 19 de outubro na Praia de Tiririca com participação de surfistas de vários países. Além da premiação oferecida que ultrapassa 200 mil Reais (95 mil dólares), a vitória vale importantes 1.000 pontos para o ASP World Ranking e também vai decidir o título sul-americano do ASP South America Surf Series 2013.

"Estamos felizes com as mudanças no Surf Eco Festival para este ano", disse Railton Lemos, da Dendê Produções, que realiza a etapa baiana do Circuito Mundial desde 2008. "Começamos com aquele evento inesquecível e único na Praia do Forte (Mata de São João), depois ficamos quatro anos na capital, Salvador, agora o prefeito Jarbas Barros, de Itacaré, abriu as portas da cidade para sediar o evento que será patrocinado por uma marca baiana. Quero agradecer pelo total apoio do prefeito e também ao Tony da Mahalo que vem incentivando bastante o esporte, além da Petrobras que está mais uma vez junto com a gente promovendo várias ações ambientais e a Skol na parte de entretenimento.

Certamente faremos uma grande festa para o público, que vai poder assistir um show de surfe de graça e participar de muitas atividades, sem falar na programação musical que terá como grande atração a banda O Rappa".

A marca Mahalo já vem realizando grandes eventos válidos pelos circuitos brasileiros de surfe e de longboard profissional pela região Nordeste do país, patrocina vários atletas e agora vai estrear no calendário do Circuito Mundial de Surfe Profissional da ASP. Um dos surfistas da sua equipe de competição, Bino Lopes, já venceu o Surf Eco Festival em 2011 na Praia de Jaguaribe, em Salvador, sendo o único baiano a conquistar um troféu de campeão do evento que acontece desde 2008 no litoral do estado.

Estamos realizados pela oportunidade de fazermos um evento internacional, ainda mais em Itacaré, que é mais um cenário fantástico do nosso litoral", disse Sandro Sanper, gerente de marketing da Mahalo. "Nossa filosofia é devolver para o surfe o que ele dá pra gente, pois somos uma marca de surfwear. Já estamos fazendo campeonatos importantes do Circuito Brasileiro de Surfe e de Longboard também nos últimos anos e agora vamos promover uma etapa do Circuito Mundial aqui na Bahia, que é o quintal da nossa casa e não poderíamos mais deixar uma marca de fora patrocinar este evento que já é um dos mais tradicionais do país. E pretendemos continuar aumentando a participação da Mahalo para o crescimento do esporte com a realização de grandes eventos e patrocinando atletas para representar nossa marca nas competições não só no Brasil como no mundo também".

HISTÓRIA DO EVENTO - A história do Surf Eco Festival começou em 2008 na paradisíaca Praia do Forte, em Mata de São João, no litoral norte da Bahia. E os primeiros troféus de campeões foram conquistados por surfistas que há alguns anos vem brilhando no Circuito Mundial da ASP, o paulista Adriano "Mineirinho" de Souza e a cearense Silvana Lima. No ano seguinte, o evento mudou para Salvador e na capital baiana passou a decidir os títulos sul-americanos Pro Junior masculino e feminino, além de continuar promovendo uma etapa do Mundial da ASP.

Outros surfistas que atualmente fazem parte do seleto grupo dos top-34 do WCT foram campeões desta categoria para surfistas com até 21 anos de idade. Em 2009, o catarinense Alejo Muniz superou o paulista Gabriel Medina com a vitória no Surf Eco Festival na Praia da Armação do Jardim de Alah. No mesmo lugar, Miguel Pupo foi o campeão Pro Junior da ASP South America em 2010, com o também paulista Filipe Toledo faturando o título de 2011 na estreia do evento na Praia de Jaguaribe.

VITÓRIA BAIANA DA MAHALO - Foi também nas ondas em frente ao SESC Piatã de Salvador em 2011 que Bino Lopes, um dos atletas patrocinados pela marca Mahalo, conquistou a primeira vitória baiana na etapa do ASP World Star do Surf Eco Festival. E no ano passado, quase acontece um bicampeonato baiano na despedida do evento em Salvador, mas o capixaba Krystian Kymerson impediu o feito na bateria final contra Franklin Serpa.

Entre as meninas, a maior vitoriosa na Bahia foi a paraibana Diana Cristina, que comemorou o bicampeonato sul-americano Pro Junior em 2010 e 2011 na capital soteropolitana. Mas, as estrangeiras também brilharam com as conquistas da havaiana top do WCT, Coco Ho, na final contra a peruana Anali Gomez na etapa do WQS e da francesa Johanne Defay no Pro Junior na mesma edição de 2010. Nos dois últimos anos em Salvador, as campeãs sul-americanas da categoria Sub-21 festejaram os títulos com vitórias no Surf Eco Festival, a catarinense Gabriela Leite em 2011 e a venezuelana Rosanny Alvarez em 2012.

Agora em 2013, o Mahalo Surf Eco Festival com apresentação da Skol em Itacaré só terá a etapa masculina do ASP World Star e a expectativa é de que surfistas de vários países participem do evento. Com a premiação de 95 mil dólares que será dividida entre os mais bem colocados na Praia da Tiririca, o campeonato foi classificado com nível 4 estrelas e vale importantes 1.000 pontos para o ranking mundial unificado da ASP, que indica dez surfistas para a elite dos top-34 que disputa o WCT.

"A confirmação desta etapa do ASP World 4-Star em Itacaré foi uma das melhores noticias que os surfistas poderiam receber e soa como um novo e importante estímulo para aqueles que buscam se aproximar da área de classificação do ranking mundial", destaca Roberto Perdigão, diretor regional da ASP South America. "Em nome da ASP, dos nossos eventos e surfistas filiados, gostaria de agradecer e parabenizar ao Railton Lemos, da Dendê, pelo compromisso em realizar este torneio e mais ainda à marca brasileira Mahalo pelo enorme suporte que tem dado aos grandes eventos de surfe realizados aqui no Brasil".

PROGRAMAÇÕES EXTRAS - Para marcar a estreia do Mahalo Surf Eco Festival em Itacaré, a Dendê Produções preparou uma agenda especialmente desenvolvida para o público que comparecer na Praia da Tiririca. Várias atividades fazem parte do Programa Socioambiental apoiado pela Petrobras, como o ECO Mural, coleta seletiva do lixo, exposição de animais taxidermizados e também serão ministradas palestras e haverá exibição de filmes para incentivar a preservação da biodiversidade.

Cerca de 3.000 crianças de escolas municipais de Itacaré e dos distritos de Taboquinhas, Água Fria e da zona rural, vão conhecer de perto um grande campeonato internacional de surfe durante os cinco dias do Mahalo Surf Eco Festival. Eles também vão participar das atividades socioambientais e assistir as apresentações de grandes estrelas do surfe brasileiro e de vários competidores de outros países nas ondas da Praia da Tiririca.

A enorme arena do evento produzido pela Dendê Produções também terá o "Espaço Bem Estar", com área de massagem para os atletas e o público poderá fazer aferição da pressão arterial e do índice de Massa Corporal (IMC), além de conhecer uma cozinha alternativa para criação de alimentos saudáveis, receber recomendação nutricional e participar de jogos relacionados à nutrição. A parte musical também mereceu uma atenção especial dos organizadores e os shows vão acontecer no dia 19 de outubro com as bandas O Rappa, Diamba, Massa Sonora e Tuca Fernandes.

O Mahalo Surf Eco Festival é realizado pela Dendê Produções com apresentação da Skol e patrocínio da Mahalo, Petrobras, Bahiatursa e Prefeitura Municipal de Itacaré, além do apoio da Backdoor, Instituto de Turismo de Itacaré, Federação Baiana de Surf e Associação de Surf de Itacaré. O evento é homologado pela ASP South America como uma etapa do ASP World 4-Star e será transmitido ao vivo na internet pelo www.surfecofestival.com.br

SURFE DEPOIS BODYBOARD - Com este campeonato, Itacaré voltará a ganhar divulgação em todo o Brasil e no mundo inteiro, além de beneficiar toda a cadeia turística, movimentando a hotelaria, restaurantes e o comercio em geral da cidade. Depois da etapa do Circuito Mundial de Surfe Profissional, o Mahalo Surf Eco Festival promoverá na semana seguinte um evento inédito na cidade do Circuito Brasileiro de Bodyboard masculino e feminino da Confederação Brasileira de Bodyboard. "Serão 15 dias de muito surfe, esporte e praia lotada", resumiu Miguel Reis, da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer de Itacaré, acreditando que as duas competições colocarão o município novamente em destaque no cenário esportivo do estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Edição: Estrela Náutica

Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.