Instagram
Voltar

NOTÍCAS / NOTÍCIAS / FIQUE POR DENTRO

Equilíbrio nas águas de Ilhabela Fonte: Aline Bassi/Balaio
  • C30 da TNT Fonte: Aline Bassi/Balaio
  • Duelo na HPE Fonte: Aline Bassi/Balaio
  • Ginga venceu na HPE Fonte: Aline Bassi/Balaio
  • Regata no Litoral Norte Fonte: Aline Bassi/Balaio
  • Copa Suzuki Jimny Fonte: YCI/Divulgação

MAIS FIQUE POR DENTRO

Anterior Próxima

Copa Suzuki Jimny abre temporada 2013 da vela oceânica e premia regularidade das equipes

12/04/2013 -

A Copa Suzuki Jimny 2013 começa a ser disputada neste sábado (13) e domingo (14), em Ilhabela (SP), com a presença de mais de 40 barcos de diferentes tamanhos e velocidades. Referência no calendário da vela oceânica nacional, o circuito premia a regularidade das equipes, que precisam de uma boa média de pontos nas quatro etapas para faturar o título. Os principais velejadores da modalidade e amadores se enfrentam nas categorias HPE, C30, ORC e RGS (A,B,C e Cruiser). O Yacht Club de Ilhabela (YCI), um dos clubes náuticos mais modernos da América Latina, está preparado para receber os participantes e suas embarcações.

A tendência é que as regatas de 2013 sejam ainda mais parelhas do que no ano passado. As equipes se reforçaram com novos tripulantes, equipamentos para os barcos e treinaram para ter a regularidade. "Ir bem em todas as provas e somar menos pontos são critérios fundamentais para sair com o título da temporada. Todos entram em condições iguais e quem cometer menos erros será o campeão. Mas isso é preciso ser feito em todas as regatas do ano, por isso que a regularidade é premiada, mesmo com a entrada dos descartes", explica o coordenador da Copa Suzuki Jimny, Cuca Sodré.

Os velejadores também aprovam a realização das quatro etapas. "É um campeonato que a gente adora. Não é apenas num dia ou semana que são definidos os campeões. O número de provas, que pode ultrapassar 30 durante o ano, é importante para todos os times", relata Mauro Dottori, que fará campanha em um barco novo em 2013, um C30 batizado de Caballo Loco.

"Esperamos brigar de igual para igual com o TNT Loyal (Marcelo Massa), que ficou com o título no ano passado. A C30 premia o bom desempenho das tripulações. O barco é rápido e excelente, ideal para competições. Esperamos ir bem no ano, mas entramos com ‘os pés no chão’, de maneira humilde na nova fase", ressalta Mauro Dottori, que levou o Nomade ao título do circuito no ano passado na categoria RGS-B. 

Temporada passada só foi decidida nas regatas finais -Em 2012, a maioria dos campeões da Copa Suzuki Jimny só foi conhecida após as regatas finais. Foram mais de 30 provas válidas durante o ano. Na HPE, o título ficou com o Ginga (Breno Chvaicer) pela terceira temporada consecutiva. Vice-campeão no ano passado, o SER Glass Eternity (Marcelo Bellotti) perdeu nas últimas regatas, mas, mesmo assim, conseguiu subir ao pódio em todas as etapas. Em 2013, a equipe promete mais. "Como ficamos em segundo lugar no ano passado, não vamos aceitar nenhuma outra posição que não seja a primeira. Afinal, evoluímos e treinamos mais esse ano", conta Marcelo Bellotti.

Entre as classes que precisam de rating, fator que iguala barcos de diferentes tamanhos, como a ORC, o melhor desempenho foi do Touché (Ernesto Breda), que fez sua última apresentação em águas brasileiras. Na RGS-A, o Fram (Felipe Aidar) foi bicampeão. Na B, o Nomad (Mauro Dottori) saiu vencedor após quatro etapas. E na Cruiser, o melhor do ano foi o Hélios II - Hospital Sírio Libanês (Marcos Lobo). A subdivisão com maior equilíbrio na temporada foi a C e o título ficou com o Rainha (Leonardo Pacheco).

O primeiro encontro dos principais velejadores de oceano no ano terá uma happy hour após as primeiras regatas do circuito para dar boas vindas aos sócios, atletas, árbitros e amigos da vela. A tradicional canoa de cerveja e os petiscos serão servidos para todos os participantes. A ideia do encontro é projetar o ano de 2013, que terá outros eventos de nível internacional no Yacht Club de Ilhabela, como a 40ª edição da Rolex Ilhabela Sailing Week.

"A Copa Suzuki se consolidou como um dos principais eventos regionais de vela oceânica e o maior de São Paulo. Seu formato em quatro etapas permite às tripulações se consolidarem como equipes e criar uma identidade própria, além de se credenciarem para eventualmente participar em outros campeonatos regionais e nacionais", relata Carlos Eduardo Souza e Silva, diretor de vela do Yacht Club de Ilhabela.

O circuito sempre tem a participação da nata da vela nacional, como os campeões Bruno Prada, Maurício Santa Cruz, Marcelo Massa, Marcelo Bellotti, André ‘Bochecha’ Fonseca, Alexandre Paradeda e outros ídolos que fazem da modalidade uma das mais vitoriosas do esporte brasileiro.

O Aviso de Regata já está disponível no site www.yci.com.br. As inscrições custam R$ 80,00/tripulante (exceto Tripulante-Mirim, que é isento da taxa de inscrição) e devem ser feitas até a manhã deste sábado (13). A organização informa também que a estadia no YCI para os veleiros que não são da cidade está liberada.

Redação: Estrela Náutica
Fonte:
 ZDL de Comunicação


Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.