Instagram
Voltar

NOTÍCAS / NOTÍCIAS / ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fonte: Jornal O Paraná

MAIS NOTÍCIAS

Anterior Próxima

Estaleiro brasileiro inova, mas não corresponde às expectativas da Polícia Federal

04/01/2013 -
Com o intuito de combater o contrabando, descaminho e tráfico de drogas e armas na fronteira com o Paraguai, a Polícia Federal requisitou um projeto audacioso e milionário firmado com a DGS Defense, estaleiro brasileiro com sede no Rio de Janeiro. O contrato prevê a aquisição de três exemplares totalizando quase R$ 6 milhões.

A primeira embarcação foi entregue no meio de 2012 à DPF (Delegacia da Polícia Federal) de Guaíra, porém nunca foi utilizada para monitoramentos e operações. Desde sua chegada, a embarcação foi utilizada apenas uma semana para testes e, posteriormente, ficou atracada na base do Nepom (Núcleo Especial de Polícia Marítima), de onde foi tirada no final de dezembro de 2012 e levada de volta ao estaleiro. Segundo o jornal O Paraná, os problemas que a impediram de navegar estão nas incompatibilidades do equipamento com as exigências estipuladas no Edital.

A segunda embarcação foi enviada à DPF de Foz do Iguaçu na última semana de dezembro e o terceiro, que também deveria ter sido encaminhado à DPF de Guaíra, ainda não chegou.

Desenvolvido pela DGS Defence, o projeto inovador chama-se
DGS 888 Interceptor. Com cinco toneladas, 8,8 metros de comprimento, três metros de largura e tecnologia stealth (de baixa percepção por radares), o produto inédito no país, possui na cabine blindagem nível NIJ III – utilizada antes somente em aviões de combate –, o que a torna resistente a disparos de projéteis calibres 7,62 mm. Detentora da patente do modelo, a empresa ainda equipou a embarcação com visão noturna e três motores de popa Evinrude que juntos geram 900 HP, permitindo velocidades superiores a 50 nós. O casco é fabricado em copolímero de etileno, plástico de engenharia de alto peso molecular – material também empregado em coletes a prova de bala e na blindagem de viaturas de combate –, o que oferece a essas embarcações extrema resistência a situações adversas. Além de tudo, é insubmergível e não pega fogo.

Com foco em sustentabilidade, a DGS desenvolveu essa embarcação com materiais 100% recicláveis. A cabine de alumínio e seu casco podem ser totalmente reaproveitados. Além disso, durante o processo de fabricação, os resíduos do corte são aspirados, ensacados e enviados para empresas de reciclagem. No processo de produção, não são gerados ruídos acima de 80 decibéis, gases, fumos nocivos nem contaminação de água.

A DGS Defence é um estaleiro carioca dedicado a projetos e construção de embarcações militares, com o uso de alta tecnologia em engenharia naval. Cada lancha DGS é um projeto exclusivo, desenvolvido a partir das necessidades e características especiais de cada missão.

Pagamento

Pagseguro UOL

Desenvolvimento

Desenvolvido por BR Web Design

ESTRELA NÁUTICA - Todos os direitos reservados

No Estrela Náutica, você vende ou compra a sua embarcação e tem acesso a um universo de informação, com fotos e vídeos das mais belas imagens. A seção Guia de Empresas traz os nomes do mercado que fornecem serviços, acessórios e produtos. Em Notícias, você encontra tudo sobre o mercado e a indústria náutica. Já em Esportes Náuticos, aprecie as modalidades mais praticadas e seus campeonatos principais. Novidades e eventos do ramo estão em Fique por Dentro. Na seção Colunas, entrevistas com profissionais do setor e entusiastas, que expõem seus conhecimentos e compartilham dicas excelentes. E para os marinheiros, de primeira viagem ou mais experientes, vale a pena conferir o Manual do Navegante.

O portal também proporciona a experiência de conhecer locais incríveis para navegar pelo Brasil. Com apenas alguns cliques na seção Onde Navegar, você ganha mais intimidade com os melhores pontos turísticos do País e seus estabelecimentos de qualidade.