Museu subaquático está previsto para abrir oficialmente em junho de 2021, na Grécia

Imagine um museu, com diversas relíquias emocionantes para ver e tocar, mas… no fundo do mar? Pois a Grécia criou o museu dos naufrágios de Peristera, o primeiro subaquático do mundo. A novidade, prevista para abrir oficialmente em junho de 2021, já mostrou uma prévia ao público, como um período de testes, que terminou no fim de outubro.

Nessa primeira abertura, mais de 300 pessoas conheceram o museu subaquático, incluindo 250 mergulhadores visitantes. Mergulhando a uma profundidade de 24 metros, os guias mostraram aos visitantes o naufrágio de Peristera, com 30 metros de comprimento. O navio permanece encalhado onde naufragou, há 2.400 anos, enquanto carregava uma carga de vinho e talheres de barro. Seu nome deriva de uma ilha vizinha, desabitada.

A ideia é que mergulhadores experientes possam descer ao museu subaquático acompanhados por um guia. Já os que não mergulham podem ter aulas em centros credenciados.

Localizado no Parque Nacional Marinho de Alonissos e Espórades do Norte, a primeira Área Marinha Protegida estabelecida na Grécia e a maior da Europa, o museu subaquático permitirá que os visitantes também tenham a chance de observar mais de 300 espécies de peixes, focas-monge do Mediterrâneo e lindos corais.

Para quem não pretende mergulhar, cinco câmeras subaquáticas irão mostrar aos visitantes o que está ocorrendo debaixo das águas, incluindo uma que funcionará com transmissão ao vivo de 24 horas.

Fonte: nautica.com.br

Deixe uma resposta